Conheça Alagoas

Sejam bem-vindos a Alagoas, nossa estrela radiosa, que encanta por suas belezas naturais, por sua cultura e pelo povo acolhedor. Situado no leste da região Nordeste, é banhado por um dos litorais mais deslumbrantes da América do Sul e pelo maior complexo lagunar do Nordeste (Mundaú-Manguaba). Alagoas é indiscutivelmente linda, possui paisagens naturais deslumbrantes e pessoas extremamente maravilhosas. Conhecer as belezas, histórias e lugares de Alagoas é a garantia de momentos inesquecíveis. Quem visita a capital alagoana não pode deixar de caminhar na orla urbana de Maceió, a mais bonita e iluminada do Brasil, saborear as delícias da terra e apreciar as jangadas no balanço do mar. Você vai amar!

Belezas Naturais

Sua belíssima capital é Maceió, a cidade de motivos para se apaixonar. Das praias às piscinas naturais repletas de peixes coloridos, a beleza da natureza convive em harmonia com a cidade e seus encantos culturais e históricos. Seja pelo clima ou mar perfeito para relaxar em águas mornas e cristalinas, há um fascínio convidativo em Maceió. Um mar que mescla o azul-turquesa e o verde-esmeralda e belas praias ornadas por jardins de coqueirais. Conhecida como “Paraíso das Águas”, hoje é considerada como o “Caribe Brasileiro”,a orla mais bonita do Brasil, devido às suas belezas naturais que atraem turistas de todo o mundo. As praias de Pajuçara, Ponta Verde, Jatiúca e Cruz das Almas ficam em área urbana, mas há também, indo sentindo ao litoral norte de Alagoas, as praias de Ipioca, Pratagy, Mirante da Sereia, Riacho Doce, Garça Torta, Guaxuma e Jacarecica. A orla de Maceió se transforma em uma passarela perfeita para a prática de atividades físicas, para experimentar a culinária alagoana, desfrutar de diversão, conhecer o artesanato local, ou, para simplesmente apreciar o nascer ou o pôr-do-sol. O interior de Alagoas, quer seja o litoral norte ou o litoral sul do estado, possui também diversas belezas naturais.

Lagoas

O passeio de barco no complexo lagunar Mundaú e Manguaba é a garantia de um momento inesquecível em Maceió. No bairro Pontal da Barra, é possível realizar o ‘Passeio das Nove ilhas’,com barcos que navegam em um arquipélago localizado na Lagoa Mundaú. Das nove ilhas, oito delas ficam na capital alagoana e uma em Marechal Deodoro, município vizinho. São elas: Ilha do Irineu; Ilha das Andorinhas; Ilha do Fogo; Ilha de Santa Marta; Ilha do Almirante; Ilha de Um Coqueiro Só; Ilha das Cabras; Ilha Bora Bora e Ilha de Santa Rita.

Mirantes

Mirante Ambrózio Lira: Localizado na Rua Ambrósio Lira, bairro do Farol, entre as Ladeiras do Brito e dos Martírios. Por ele, observa-se o mar da Praia da Avenida e todo o resto da costa que vai até o Pontal da Barra e o Centro da cidade de Maceió.

Mirante Chã de Bebedouro: Localizado na Avenida Osvaldo Cruz, estrada de Santa Amélia, no Bairro da Chã de Bebedouro. Boa parta da Lagoa Mundaú pode ser vista de lá.

Mirante do Cortiço: Por trás do Colégio Santíssimo Sacramento, no bairro do Farol, proporciona a vista do Centro da cidade e parte da Praia da Avenida.

Mirante Kátia Assunção: Localizado no bairro do Jacintinho, avista-se quase todo o litoral da cidade, desde a Praia de Cruz das Almas até a Praia da Avenida, onde está localizado o porto da cidade.

Mirante da Sereia: Localizado no litoral norte, na AL 101 norte, está na Praia de Pratagy – Mirante da Sereia. Avista-se o mar de Pratagy, com sua piscina natural, rodeada de arrecifes, onde está localizada a estátua da sereia.

Mirante de São Gonçalo: Próximo à Igreja de São Gonçalo, no bairro do Farol. Avista-se o Centro da cidade, o mar da Pajuçara e Ponta Verde, o Porto de Maceió e toda extensão da costa sul.

Mirante de Santa Terezinha: Em frente à Igreja de Santa Terezinha, no bairro do Farol. É possível ver, parcialmente, a Lagoa Mundaú, o Palácio dos Martírios e o Estádio Rei Pelé (conhecido como Trapichão).

Cultura

A cultura alagoana é expressiva e marcante, principalmente pelo seu rico folclore, além de seus artistas, escritores e músicos como o cantor e compositor Djavan e o poeta Lêdo Ivo. Entre as manifestações folclóricas há os folguedos como: Caboclinho, Carvalhada, Chegança, Bumba Meu Boi, Coco Alagoano, Festa de Reis, Guerreiro, Pastoril, Reisado, Quilombo e Zabumba. O artesanato representado pelo filé e pela cerâmica que encanta a todos por sua criatividade, originalidade e beleza.

Gastronomia

A culinária Alagoas é uma mistura de tradições indígenas, portuguesa e africana. Uma mista de sabores fortes do Nordeste, do Brasil e do mundo para agradar qualquer paladar! Destaca-se ainda nas especialidades feitas com frutos do mar. Quem gosta pode apreciar delícias como lagostas, camarões, caranguejos e muito mais. Além dos alimentos típicos como tapioca, cuscuz, pasta de mandioca, arroz doce, batata doce, inhame e mandioca com carne seca, munguzá e muito mais.

Museus

Arquitetura barroca, palácios, belas igrejas e casas seculares fazem parte da beleza do patrimônio histórico de Maceió. Os museus consagram as histórias da capital alagoana, de geração em geração.

Fundação Pierre Chalita - uma rica coleção de imagens sacras dos séculos XVII e XVIII

Museu Théo Brandão - na Avenida da Paz, conta a história da cultura popular de Alagoas. Tem as coleções mais importantes sobre a cultura e o povo de Alagoas.

Palácio Marechal Floriano Peixoto - ex-sede do governo, tornou-se um museu que mostra as ricas coleções de vidro, prataria e móveis antigos de madeira. Abriga também as memórias de dois ilustres alagoanos: o poeta Ledo Ivo e o lexicógrafo Aurélio Buarque.

Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas - possui uma das coleções completas afro-brasileiras do país e acervo do famoso lavador marajoara e partes dos grupos indígenas amazônicos.

Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho - preserva e divulga o trabalho do famoso advogado de Alagoas Pontes de Miranda, bem como a história da Magistratura do Trabalho em Alagoas.

Museu do Esporte - Protege histórias de todos os esportes no Brasil, especialmente em Alagoas. Imprensa de 1920 revistas, camisetas, troféus, xícaras, fitas de vídeo, áudio e outros materiais documentam o esporte de Alagoas.

Associação Comercial - abriga os museus de comércio de Alagoas e a tecnologia do século 20.

Casa Jorge de Lima - antiga residência do médico e poeta. Foi restaurado e aberto ao público.

Casa del Patrimônio - Sede do IPHAN e exposição da coleção de mestres artesãos em Alagoas e no nordeste.

Museu de Arte e Som - possui uma rica coleção de fotografias, discos, vídeos, livros e outros documentos sobre a história de Maceió.

Fundação Teotonio Vilela - Biblioteca e arquivos do senador da anistia, Teotônio Vilela.

Visite também: "Casa da Arte" em Praia de Garça Torta, "Museu da Segunda Guerra" no Centro da Cidade, Pinacoteca Universitária no Centro da Cidade, Memorial da República no Jaraguá e o Museu de História Natural no Farol.

Praias na Capital

A Praia de Jatiúca é encantadora, tranquila de mediana extensão, é considerada por muitos como uma das mais belas da região. Urbanizada, conta com ciclovia e diversos prédios em sua orla. Conta com uma boa faixa de areia avermelhada e grossa, o mar é calmo, apresentando moderado movimento a maior parte do tempo. De águas cristalinas, é propício para o banho e para a prática de esportes náuticos. Com boa infraestrutura, o lugar dispõe de quiosques e bares, além de restaurantes e hotéis próximos.

A Praia de Ponta Verde possúi coqueiros, trechos de areia fofa, mar colorido de verde e azul e piscinas naturais na maré baixa.s águas claras e calmas são a referência desta praia, que se enquadram perfeitamente nos mais belos cartões-postais de Alagoas. Além disso, ela está repleta de arrecifes, os quais são característicos da região. Assim como várias outras praias de M

Praia da Pajuçara - Como resistir a uma capital que ostenta 40 quilômetros de praias? Ainda mais “difícil”: como escolher qual praia? Para quem tem menos tempo, a boa notícia é que as praias urbanas são tão bonitas quanto as mais afastadas, com suas águas transparentes que vão do verde-claro ao azul turquesa, piscinas naturais, areias douradas e muita área verde.
Dentre todas, a movimentada Pajuçara é um hit incontestável. É de lá que partem as rústicas jangadas que levam às piscinas naturais, a dois quilômetros da costa. Chegando lá, prepare-se para um espetáculo que une peixes multicoloridos.

Praias no Litoral Norte

Praia de Maragogi - A joia da Costa dos Corais. São 22 quilômetros de litoral com coqueirais, recifes, águas claras e areia fina. Encantam por suas águas azuis ou esverdeadas e pelo charme rústico das vilas de pescadores. Lá, existem as famosas Galés de Maragogi, as imensas piscinas naturais a seis quilômetros da costa. Por estar em uma Área de Proteção Ambiental, tem acesso controlado. Um mergulho nas águas cristalinas e repletas de peixes coloridos é garantia de uma experiência inesquecível. Maragogi é ideal para mergulho, feito em águas calmas, mornas e cristalinas, onde se observam corais e até barcos naufragados. Na praia do Antunes, o visual paradisíaco e cenográfico parece até que saiu de um filme. Na maré baixa, bancos de areia se formam no mar de águas quentes e calmas, facilitando o acesso até as piscinas naturais.

Praia de Japaratinga -Outra maravilha da Costa dos Corais, a antiga colônia de pescadores de Japaratinga ostenta 15 quilômetros de litoral. Águas calmas, areia fininha, coqueirais e recifes compõem o visual paradisíaco. Conta com boa infraestrutura para receber seus visitantes, incluindo passeios de bugue, barco e a cavalo. Sem falar nos bares e restaurantes à beira-mar com cardápios de frutos do mar.

Praia do Patacho, Porto das Pedras -Um miniparaíso de areias claras, água transparente, recifes e coqueiros. Tem uma localização privilegiada. Patacho se transforma na maré baixa, quando o mar seca, e é preciso andar por longas faixas de areia para chegar às piscinas naturais de água morninha.

Praia do Toque, São Miguel dos Milagres - Pequenino e lindo como poucos destinos no Nordeste brasileiro, São Miguel dos Milagres é daqueles paraísos quase intocados. Graças a uma paisagem natural que inclui praias selvagens e quase desertas, um mar de águas verdes e mornas e piscinas naturais de tirar o fôlego. Praias como Tatuamunha, da Rua e Barra do Camaragibe concentram o “movimento”, com bares de nativos e alguns barcos. A Praia do Toque é um espetáculo à parte.

Praia do Carro Quebrado, Barra de Santo Antônio -Simples, aconchegante, com gastronomia local caprichada e badaladas festas. Dos coqueiros e águas transparentes da praia do Morro às piscinas naturais da Ilha da Croa, sobram opções para um dia irresistível. Mas é a praia do Carro Quebrado o cartão-postal local: pode-se pegar um buggy ou mesmo ir a pé desde a praia central para descobrir uma paisagem estonteante, que une falésias multicoloridas com coqueirais e um mar verdíssimo.

Praia de Paripueira -É em Paripueira que começa uma barreira de corais que segue até Pernambuco. A região é conhecida pela variedade de espécies marinhas, com destaque para a preservação de peixes-boi, e por seus galés, semelhantes aos de Maragogi. Ao todo, conta com mais de 20 piscinas naturais, muito transparentes e azuis.

Litoral Sul

Praia do Francês, Marechal Deodoro - Não muito longe de Maceió, o município de Marechal Deodoro sedia uma das praias mais populares de Alagoas.: a praia do Francês que impressiona pelo tom de suas águas, que vai do verde-claro ao azul intenso e possui características distintas para agradar seus visitantes.
No lado direito da praia, o clima é rústico e de sossego, com coqueirais e fortes ondas que atraem muitos surfistas. Já na ponta esquerda, famílias são atraídas pelos recifes que formam piscinas naturais, e as imensas barracas especializadas em frutos do mar garantem a animação.
A praia também é ótima para andar de jet-ski e praticar esportes à vela. Outra dica é fazer ainda um passeio de barco até as piscinas naturais do Saco da Pedra.

Praia do Gunga, Roteiro - A famosa Praia do Gunga é um dos cartões-postais do Estado. Por lá, vê-se piscinas naturais de beleza espantosa, falésias coloridas, coqueirais, areia branquinha, bares, restaurantes, lojas de artesanato e até um mirante com vista panorâmica da região. Um passeio imperdível é andar de barco até a Lagoa do Roteiro, passando pelas pequenas ilhas e barreiras de recifes.

Praia de Jacarecica do Sul, Jequiá da Praia - Uma das joias selvagens do litoral sul alagoano, a praia de Jacarecica do Sul é daquelas quase desertas mas de beleza inigualável. Apesar de ter grande extensão, possui uma estreita faixa de areia dourada, ideal para fazer longas caminhadas e apreciar a paisagem, que inclui vasta mata nativa preservada e grandes falésias avermelhadas, de até 20 metros de altura, que contrastam lindamente com o azul do mar levemente agitado e de águas transparentes. Dica: para chegar à praia, opte pelo passeio que sai das Dunas de Marapé, fazendo o chamado Circuito Pau de Arara.

Pontal do Coruripe, Coruripe - No extremo sul de Alagoas, esconde-se esse um vilarejo rústico e cheio de charme. Coruripe exala paz e tranquilidade, em meio a enormes coqueirais que contornam o mar cristalino e as areias brancas e finas das praias quase desertas. Pontal do Coruripe é dessas praias intocadas, com gigantescos recifes e um farol que pode ser acessado e oferece uma das vistas mais sensacionais do litoral. Ainda em Coruripe e arredores, estenda o passeio para as igualmente belas praias de Pituba, Lagoa do Pau, Barreiras e Miaí de Baixo e de Cima; além de explorar o artesanato local, onde se destacam os objetos em palha de ouricuri, uma espécie de palmeira local.

Pontal do Peba, Piaçabuçu - Localizada numa Área de Proteção Ambiental, essa é a praia mais extensa do estado. E haja espaço para seu rico ecossistema, composto de aves migratórias, mangues, dunas, coqueirais, Mata Atlântica e tartarugas marinhas. No mar, águas mornas e cristalinas; na faixa de areia, muita calmaria, já que quase não há pessoas. Aproveite para visitar o mercado de arte e navegar de barco pelo rio São Francisco até a sua foz.

Fontes: Semptur Maceió / Momondo / Quanto custa viajar / Praias de Maceió.com / praias-360.com.br